Futebol Profissional

Um dos maiores orgulhos do Goytacaz é ser celeiro do futebol brasileiro: já em 1923, para disputar o Sul-americano no Uruguai, cedeu direto, sem passar por nenhum clube dos chamados grandes centros, o ponteiro esquerdo Amaro Silveira, para ser titular da Seleção Brasileira. Seu Amaro tem outra história interessante, pois seu filho Amarildo Tavares Silveira, foi titular da Seleção que ganhou o bicampeonato mundial, no Chile. Só existindo dois casos de pais e filhos de terem sidos titulares em nossa Seleção: Amaro e Amarildo e Domingos e Ademir da Guia.

Saíram também do Goytacaz:

Orlando Fumaça - Vasco da Gama;
Paulo Marcos - Internacional;
Tite - Fluminense e Santos;
Edevaldo - Fluminense;
Piá - Flamengo;
Tinho - Vasco da Gama;
Ricardo Batata - Fluminense;
Wilson Bispo - Brasília;
Jussiê - Cruzeiro;
Jarbas - Flamengo;
Paulinho Almeida – Flamengo.

Obs: os nomes em negrito, foram titulares da Seleção Brasileira, em suas épocas.

Também saíram do Goytacaz, o sambista Roberto Ribeiro, que foi para os juvenis do Fluminense e o ator Tonico Pereira, que foi para os juvenis do América do Rio.

   Campeonatos

 
 
 
 
O CLUBE
FUTEBOL
NOTÍCIAS
MARKETING
TORCEDOR